terça-feira, 17 de março de 2009

Hoje faço anos

Hoje faço anos. 38.
Como sempre neste dia, estou triste. Não sei muito bem por quê, mas penso que serão reminiscências dos meus anos de adolescente. Detesto fazer anos, odeio que me cantem os parabéns e é uma angústia enorme ter de responder aos telefonemas que, inevitavelmente, se vão sucedendo ao longo do dia. Família e amigos não têm culpa das minhas pancas. Felizmente, agora há as mensagens escritas.
Neste ano, no entanto, estou mais triste do que o costume. Desterrado a cem quilómetros de casa, a viver completamente sozinho, desde a partida do meu bom amigo Ben, numa casa enorme, sinto-me mais solitário do que nunca. Pela primeira vez, não estou com aqueles que mais amo, a minha mulher e a minha filhinha, que em 2008 ainda nem sequer era nascida.
Por ser tímido, e de novo por causa da adolescência, dificilmente consigo relacionar-me com pessoas da minha idade. E até seria fácil, porque na minha escola não faltam desterrados. Mas por ser assim, acabo por passar a semana completamente sozinho, sem ter com quem falar a partir das 18 horas. Ironicamente, o blogue que criei para os meus alunos, com o objectivo de servir de complemento às aulas, acaba por servir de escapa a tamanha solidão, através dos comentários que os alunos vão fazendo e aos quais eu respondo.
É engraçado. Na vida real, costumo rezar para que as pessoas não se lembrem do meu aniversário. E hoje, acabo por anunciá-lo ao mundo através deste «post». Se calhar porque sei que ninguém o vai ler.

11 comentários:

paulo jorge disse...

de um amigo que nem conheces recebe um abraço carinhos de parabéns...
paulo

José Freitas disse...

Caro Ricardo, já somos três a ler este post: tu, porque tiveste de o escrever, eu e o Paulo Jorge.
Se é assim que queres, então não te dou os parabéns. Neste aspecto, pelo menos neste, estamos lado a lado (como dois manifestantes activos, de bandeirinha mas sem megafone): também não acho piada a fazer anos. Não é por nada. Nem sequer é por causa do "trauma" de estar mais velho ou outras razões de adolescência. É uma inevitabilidade. A famosa lei da vida. Dizer isto é cliché, eu sei, mas de vez em quando podemos seguir com a maré. Só me resta lamentar que não possas, em todo o caso, passar este dia - e todos os outros que te apeteça - com as pessoas de quem mais gostas.
Fica um abraço. Acho que isso ainda és rapaz para aceitar.

de.puta.madre disse...

Vocês são todos uns palermas com esas coisa da idade. Ora que bom é ficar a agarrar vida.
Y Os meus parabéns ao Ricardo atrasados ... é do twittar...
y são 38 aons bem agarrados! Bem-haja!

ratinha escondida disse...

Muitos parabéns!!! Eu sei que o que lhe custa não é envelhecer. É um conjunto de acontecimentos e coincidências que tornaram o dia do seu aniversário num dia azarado. Mas isso só aconteceu porque o Ricardo, tal como as outras pessoas, esperava algo de diferente para o seu aniversário. Quando as coisas correram mal num ano, achou que iriam sempre correr mal... E uma coisa leva a outra... Deite isso para trás das costas. Tem família, o que é uma grande fortuna.

ratinha escondida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Velho disse...

Pois é Ricardo, eu a Helena Maria Velho que um dia se meteu contigo por causa de um diálogo quase vicentino(lembras-te?), digo-te que isso acontece a muit@s de nós. Mas, mesmo que uma só pessoa no mundo se lembre de ti( e tens mulher e a tua bebé!), mesmo sem te dar os parabéns és já um ser humano em pleno. Digo-te eu que tenho mais 6 anos em cima e choro sempre no dia do meu aniversário, desde que me lembro de ser gente.
Como podes constatar muita gente te lê, leu e lerá. Tenhas 38 ou 120 anos...
Um beijo, atrasado de acordo com os cânones, mas muito a tempo de celebrar a tua vida.

Ricardo disse...

Obrigado a todos pelas palavras: aos que conheço pessoalmente - Zé e ratinha escondida (beijos, mor) e aos companheiros da blogosfera - Paulo Jorge Vieira, De Puta Madre e Helena Velho.
Para o ano será melhor. :) (nunca é)

Ruben Barbosa disse...

ai o stor fazia anos em 17 de março e nao dizia nada ao pessoal??

ok, se o stor nao quer que eu espalhe a noticia pode contar comigo, por mim ninguem vai saber desta data... ate eu ja me esqueci

:D...

P.S. happy birthday

xD*

Anónimo disse...

A sério? Fizeste anos? Muitas felicidades. Há alunos e colegas atentos! Felicidades

Atenta Maria

tms disse...

Viva Ricardo, se não gostas do dia de anos, um abraço pelo dia de hoje.

Anónimo disse...

Já foi lido, caramba (e com uma semana de atraso).
Um abraço, contra as injustiças, dá-lhes sempre!
(Olha, parece que a manif de 13 de Março está a ter resultados. Uma pequena luz, um começo talvez.)
CVidal